Mensagem do Director Geral | Pré-Inscrição

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TECNOLOGIA & EMPREENDEDORISMO

Sucesso 100 Limites

Boletim Informativo

#

ALTERAÇÃO DO LOCAL DE GRADUAÇÃO

#

IPET acolhe feiras de turismo e de empreendedorismo

#

PÉRIPLO DOS ESTUDANTES

#

Viga Holding capacita colaboradores

#

IPET coopera com ATM

#

Festa rija dos trabalhadores

#

Estudantes visitam BVM

#

IPET debate empreendedorismo juvenil

#

IPET assina acordo com MISAU

#

IPET gradua em Nampula

#

IPET gradua na Beira

#

IPET projecta campus universitário no Chiango

#

IPET cria delegação de Niassa

#

IPET lança ensino à distância

#

Exposição Comunitaria e Empreendedora no IPET

#

Entrega do "Cartão EU" aos estudantes do IPET

#

Assinatura do Memorando entre o IPET e o ISDB

IPET gradua em Nampula

A delegação do IPET em Nampula acaba de lançar ao mercado local, um conjunto de 78 técnicos formados em diversas áreas de saber-fazer.

Falando a propósito naquilo que foi a primeira cerimónia de graduação do IPET ao nível daquela província, o delegado local, Edson Cassambai, disse que os graduados concluíram com sucesso a sua formação em diversas áreas relevantes para o mercado nacional e internacional, estando agora em aptas condições de servir e contribuir para o desenvolvimento da província e do país em geral.

Cassambai detalhou que entre os graduados, destaca-se técnicos em petróleo e gás, geologia e mineração, construção civil e obras públicas, informática e telecomunicações, saúde pública e gestão ambiental, Contabilidade e Auditoria e;Administração Pública e Gestão de Recursos Humanos. Referiu ainda que da totalidade dos 78 graduados, 45 são sexo masculino correspondendo a 58% e, os restantes, feminino, o equivalente a 42%.

Por seu turno, a Secretária Permanente do Governo Provincial de Nampula, Verónica Ernesto Langa, intervindo na ocasião, exortou aos graduados a usarem os conhecimentos adquiridos, para a melhoria das condições de vida das suas famílias e da população em geral e fez votos para que eles valorizem o investimento feito pelos seus pais e encarregados de educação. “Vocês têm a sorte de terem estudado numa província bastante rica em recursos o desenvolvimento. O diploma que receberam, significa o início de uma nova etapa na vossa história, pois vão aplicar na vida real, os conhecimentos aqui adquiridos”.

Na ocasião, Langa elogiou ainda o esforço que a instituição tem empreendido na formação de quadros e garantiu apoio, tendo em conta que os quadros ali formados não só vão servir as suas famílias, mas à província e ao país em geral.

Para a governante, as instituições de ensino técnico devem continuar a incutir nos estudantes a crença nas suas capacidades de transformar, para melhor, as suas vidas e as suas comunidades, usando o conhecimento e a habilidade de saber viver com os outros, adquirido durante o período da sua formação.